Alopecia Em Cães e Gatos!


A perda de cabelo alopecia é um distúrbio comum em cães que faz com que o animal tenha perda de cabelo parcial ou completa.

Ela pode afetar na pele de um cão, o seu sistema endócrino, a sua linfático sistema, e seus sistemas imunológicos. A perda de pelos pode afetar cães e gatos de todas as idades, raça e gênero, e é ou gradual ou aguda.

Alopecia, é a falta parcial ou completa de cabelos em zonas em que estão normalmente presentes. A perda de cabelo é um sinal e a sua causa subjacente deve ser determinada para a condição a ser tratada. Se um cão tem perda de cabelo e também esta se coçando deve se investigar primeiro a coceira.

Existem muitas causas de perda de cabelo, que pode ser congênita o animal nasce com a condição ou adquiridas após o nascimento. Perda de cabelo congênita pode ou não ser hereditária, ela é causada por uma falta de desenvolvimento normal dos folículos pilosos,ou o cão pode nascer com um problema normal de perda de cabelo ou generalizada ou ocorre quando o cão se torna um jovem adulto e começa trocar o pelo.

alopecia em cães

Causa da Alopecia em Cães

Não existe uma idade específica ou predisposição sexual para o desenvolvimento da perda de pelos, apesar de certas raças de cães parecem  aumentado os risco para certos tipos de alopecia. Como Doberman pinschers e muitas outras raças são propensas a desenvolver alopecia ou diluição de cor do pelo.

Existem muitas doenças e condições que podem causar um cão a perder o cabelo. Alguns destes podem ser considerados normais, outros podem indicar uma doença grave.

Os parasitas externos são conhecidos como maior causador de alopecia em cães. Como por exemplo as pulgas, carrapatos, piolhos e ácaros podem causar coceira intensa e coçar o que leva à perda de cabelo.

Parasitas também pode danificar fisicamente os folículos pilosos, por causar reações alérgicas aos animais, são vários fatores que podem ser identificados por causar perda de cabelo em cães.

É por isso que muitos donos de animais não medem esforços para garantir que o cabelo de seus animais de estimação permanece saudável.

Qualquer indicação de que o cabelo não é saudável, tais como a fragilidade e perda de cabelo, devem ser tratadas imediatamente para evitar mais danos.

cachorro

Tratamento de Alopecia em Cães

Há um número de medicações tópicas para o tratamento de alopecia causada por parasitas externos. Pulgas e carrapatos controle e shampoos ou outros produtos que matam ácaros, piolhos ou fungos, são geralmente bastante eficaz na resolução de alopecia parasitária, embora possa levar semanas ou meses para o cabelo volta a crescer completamente.

O veterinário pode prescrever pomadas, cremes, loções, shampoos ou outros tratamentos relaxantes para acalmar qualquer inflamação associada com alopecia.

Ela também pode recomendar orais ou tópicos antibióticos, anti-histamínicos ou anti-inflamatórios, como parte de um regime de tratamento inicial.

Prevenção de perda de cabelo em Cães

Se você tem aqueles cães de raças muito peludas com camadas de pelos chamadas de sub-pelos, deve tomar muito cuidado com relação à tosa.

Alguns cães são tosados e os pelos não crescem mais ou demoram muito para crescer. Alguma destas raças são: Lulu da Pomerânea Spitz Alemão, Husky Siberiano, Chow chow, Pastor Alemão, entre outros.

Caso o animal seja tosado na máquina, ou na tesoura dependendo da fase de crescimento do seu pelo, este pode não crescer mais ou demorar até 2 anos para voltar ao normal.

Alguns animais têm crescimento dos pelos de forma irregular e acabam sendo tosados novamente, dando continuidade ao problema.

O pelo vai nascer novamente danificado com buracos, falta de pelos em certas regiões do corpo. A pele pode ficar marcada de algum modo. É extremamente recomendável a ida ao veterinário, para descobrir a causa e como tratar.

Outro tipo de prevenção é a escovação dos polos – diária quatro vezes na semana. Além disso, banhos com produtos de qualidade, a secagem do pelo, comida de qualidade balanceada são importantes.

Carapatos